Como o banco aprova o cliente?

Continua após a publicidade..

 

Você já emprestou dinheiro para um familiar ou amigo? Se a resposta for sim, com certeza você teve que pensar muito antes de emprestar e aposto que analisou se a pessoa era confiável e se te pagou o que te deve. Agora imagine essa mesma situação, mas com alguém que você não conhece, eles pedem dinheiro emprestado. Qual seria sua resposta?

Bem, é assim que as instituições financeiras funcionam. Eles precisam conhecer muito bem o cliente antes de conceder crédito, para evitar inadimplência. Se você está procurando um cartão de crédito, com certeza tem dúvidas sobre o procedimento que o banco toma para avaliar seu perfil.

Continua após a publicidade..

O nome em vermelho gera desvantagens
Conseguir um cartão pode não ser tão fácil se você estiver tendo problemas por conta própria. Mas se você não tem certeza de qual cartão é o certo para solicitar e como aumentar suas chances de ser aprovado, separamos algumas dicas para você.

Quando você solicita um cartão de crédito ou serviço, os bancos começam a procurar quem você é. Primeiro, o cliente fornece seus dados pessoais, permitindo que as financeiras comecem a buscar um único objetivo: saber se o cliente pode honrar seus pagamentos e se o risco de inadimplência é mínimo.

Por isso, você deve entender que se seu nome estiver no vermelho ou seu histórico financeiro não for bom, as chances de ser aprovado na candidatura podem diminuir bastante. Entenda como o banco aprova o cliente.

Como o banco aprova? Entendendo a análise:
Esta consulta começa com os requisitos necessários. Ou seja, os bancos analisam se você tem renda suficiente, se está tudo bem com seus documentos e comprovam outras informações que você forneceu, como bens, imóveis, etc.

A avaliação do cartão de crédito que você solicitou é então realizada. Eles verificam se isso pode comprometer sua renda e se condiz com seu perfil de consumo, como: limite, anuidade, benefícios e renda mínima.

Continua após a publicidade..

Ou, se você não tiver um cartão padrão, a instituição financeira deve lhe oferecer um cartão que mais se aproxime dos seus gastos e se ajuste às suas finanças.

Órgãos de proteção ao crédito
Após esta pré-análise, eventuais pendências são verificadas com o administrador ou outras instituições. Os órgãos de proteção ao crédito como SPC, SCPC Boa Vista, Serasa e ProScore entram em cena nesta fase.

Essas empresas mantêm o histórico financeiro dos clientes e informam o banco sobre a situação de cada um. Se forem encontradas contas em atraso, por exemplo, as chances de conseguir um cartão de crédito começam a diminuir.

A história importa muito! Nesta pesquisa verifica-se se a pessoa que procura o cartão paga as contas em dia, se tinha ou tem nome negativo e se existe rodízio de crédito. É nesta fase que muitas pessoas acabam falhando.

O nome negativo geralmente significa que o cliente não poderá honrar seus pagamentos. Por isso, acaba sendo rejeitado pelo banco. Se você não tem um nome sujo, um histórico ruim pode ter contribuído para uma rejeição.

Se você não possui conta cadastrada em seu nome ou não possui outro cartão de crédito, as empresas não conseguem rastrear seu perfil como pagador, dificultando a aprovação.

Como o banco aprova? Questione a pontuação
Um dos métodos de aprovação mais famosos e temidos é o score de crédito. Isso porque essa ferramenta é utilizada por órgãos de proteção ao crédito e mede a confiança do cliente em relação ao pagamento.

Suas pontuações podem variar de 0 a 1000 e são divididas por categorias. Informe o banco se você tem uma chance alta, média ou baixa de pagar suas contas. Esses dados são usados ​​por empresas financeiras para entender o envolvimento do cliente.

O primeiro passo para uma pontuação alta no CPF é conhecer sua pontuação. É por isso que o Foregon® ajuda você a encontrar sua pontuação, de graça! Se você ainda não sabe em qual categoria está, não perca mais tempo e descubra! Os bancos já sabem sua pontuação, não é?

As possibilidades são muitas, então a pontuação também é diferente! Ou seja, sua pontuação aqui na conta Foregon® pode ser maior ou menor que a calculada pela Serasa, por exemplo.

O que posso obter com minha pontuação?
No ForegonFit, com base na pontuação fornecida pela agência parceira, você poderá ver quais produtos financeiros você teria mais probabilidade de ser aprovado. Lembrando que aprovação depende apenas do banco. Não fazemos revisão ou aprovação de cartões, apenas mostramos o que você tem mais chances de obter.

Hoje em dia, você pode solicitar um cartão de crédito online. Isso pode parecer mais fácil para algumas pessoas. Visto que o banco pode ou não solicitar comprovação das informações enviadas ou solicitar outros documentos.

Mas procure sempre preencher seu cadastro com informações verdadeiras. Na verdade, isso aumenta suas chances de ser aprovado. Acredite, os administradores conhecem muito bem seus clientes!

Fale com seu gerente
Se você já tem uma conta bancária, conversar com seu gerente é um bom começo. Veja com ele as possibilidades e o melhor cartão para o seu perfil neste banco.

Caso sua inscrição já tenha sido rejeitada, anexe seus comprovantes de depósito ou outros documentos que comprovem as transações financeiras. Mostre que você pode assumir a responsabilidade e iniciar a conversa!

Então, agora que você já sabe mais sobre como o banco aprova o cliente e está pronto para solicitar seu cartão de crédito, por que não visitar nosso site e ver qual produto financeiro mais combina com você?

 

Oque Achou Deste Post?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *